Tailândia II

| 1 Comentário

Ok, eu me precipitei.

Escrevi três dias atrás sobre minha curta viagem à Tailândia.

Meu erro foi ter tentado reduzir um lugar tão rico e complexo às minhas primeiras impressões. Continuei a viajar um pouco mais por Phuket, e percebi que há de tudo aqui. Hoje descobri a minha mini-Itacaré aqui, e é pena que a viagem está chegando ao fim. Uma praia pequena, com uma vilazinha com bares e restaurantes, sem o choque que é Patong, sem a falta de praia que foi Friendship Beach, e sem o luxo da Laguna. Nai Yang é o que eu esperava de uma praia na Tailândia, e foi muito bom ter vindo pra cá.

Perto do aeroporto, a comida custa preços mínimos, as pessoas são igualmente gentis e atenciosas, e nada de neon, nada de multidão de vendedores – apenas uma praia gostosa com um pouco de vida à noite.

Ou seja, a Tailândia tem de tudo. É um lugar fantástico. Volto pra casa apaixonado por aqui, com vontade de voltar sempre. E o melhor da Tailândia continua sendo seu povo, embora suas praias, sua comida e seu atendimento conquistam qualquer um.

FireStats icon Produzido pelo FireStats