Apple e obsolência planejada (ou como instalar o Mountain Lion em um Mac Pro)

| 3 Comentários

Alguns dias atrás, fiquei feliz por ter percebido que, ao apagar tudo o que tinha no iPad, este voltou a ter quase a mesma performance de quando o adquiri, há três anos atrás. Eu não compraria um novo agora, mas queria continuar a usá-lo como sempre usei, e isso era quase impraticável, pois já que o aparelho estava muito lento e não funcionando direito.

Infelizmente, nem tudo são flores.

Coloquei minhas mãos nessa semana no único modelo de Mac que eu nunca tive desde que comecei a usar Macs: um Mac Pro. Não, não fiquei rico de repente. O namorado de uma amiga estava doando o dito cujo, pois comprou um novo (aqui é muito comum isso, já que o valor de usado cai muito). Sim, é uma máquina de 2008, mas com dois processadores de 3Ghz, 12gb de memória, etc. Ou seja: muito mais potente que meu notebook. Perfeita máquina para deixar no escritório na faculdade.

Mas a dona Apple excluiu esse modelo da lista de máquinas compatíveis com o OS X 10.8 (Mountain Lion), mesmo ele sendo mais veloz do que parte das máquinas vendidas hoje! Acho um absurdo que uma máquina cuja performance é excelente ser deixada de lado não por critérios técnicos, mas de mercado.

Felizmente boas almas desenvolveram um programinha, chamado MLPostfactor, que permite instalar o Mountain Lion em Mac Pro ou outros Macs que ainda dão no couro. Instalei e, apesar de uma ou outra coisinha pequena que não funciona, tudo está rodando muito bem, e com uma performance excelente!

A máquina é super parruda, e é pena que a Apple não a promove tanto. Há usuários que adorariam um Mac nos quais poderiam mexer, instalar vários HDs, placas adicionais, etc., e o Mac Pro é o computador “customizável” mais elegante que já vi. Instalar um HD é facílimo, e nem precisa mexer em cabos nem nada.

Pronto, agora posso dizer que já tive todos os modelos de Mac desde que me iniciei no mundo da Maçã. 🙂

FireStats icon Produzido pelo FireStats