Grünerløkka, ou grunerlouco! :)

| 5 Comentários

É fantástico estar aqui.

Ontem tivemos a cerimônia de boas-vindas aos novos estudantes. Foi muito especial por vários motivos: primeiro, a Universidade de Oslo está completando 200 anos. E, em segundo lugar, em razão dos recentes acontecimentos tristes acontecidos aqui em Oslo.
Mas o que se sente é uma sociedade ainda mais engajada em não se amedrontar. E, quando muitos poderiam achar que agora haveria uma atitude mais discriminatória contra estrangeiros, o que se sente é exatamente o contrário. Estou pra ver um povo mais amigável, gentil e prestativo que o norueguês. Claro, não são de muito contato, pelo menos não inicialmente, mas isso é cultural.

Moro em um bairro chamado Grünerløkka (fala-se, acho eu, “grinerlêka”). É um bairro descolado, boêmio, cheio de vida, mas, ao mesmo tempo, com ar de cidade do interior. Adoro morar aqui – perto do rio, onde dá pra correr. Tem restaurantes vietnamitas, chineses, indianos… uff, tem tudo! E é boa comida, e BEM mais barato do que um restaurante desses tradicionais. E isso é importante quando se está na Noruega, quando um quilo de tomate pode custar uns R$8,00.

A Universidade é de tirar o fôlego – prédios enormes, centralizados em um local cheio de verde. Já o campus de Direito fica perto do castelo lá da S. Majestade.

Essa cidade é fantástica. O grau de diversidade é espantoso – às vezes se vê mais estrangeiros do que noruegueses nas ruas ou no transporte público. Ontem esbarrei com um soteropolitano no bonde. Há tanta coisa linda pra se ver, tanta gente bacana, tantos bons lugares, tanto por descobrir, que me sinto muito feliz por ter feito a escolha de vir.

Agora é esperar pelas aulas!

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats