Sky: os cavalos vos esperam

| 0 comentários

É incrível acreditar no quanto essas empresas que nos atendem por telefone podem nos fazer passar raiva. E é incrível o meu aparente grau de masoquismo: telefono para essas porcarias voluntariamente.

Resumindo a ópera: a Sky possui um serviço denominado Sky Livre, destinado, creio eu, aos seus ex-assinantes (devem ser milhares), para que estes possam usar seus aparelhos para ver televisão gratuita e comprar pacotes pré-pagos. Como ex-assinante, foi-me oferecido o serviço, mas não consegui usá-lo. Narrei todo o problema no post anterior.

Na sexta-feira à noite, ligo novamente para a Sky, na esperança de ver o problema resolvido. A atendente foi extremamente simpática, compreendeu o problema, e disse “Olha, vou ver se isso aqui vai resolver seu problema… Vou falar com o meu supervisor, mas antes deixa eu tentar… ” – tu, tu, tu…. Ligação caiu. Já escaldado pelo acontecimento anterior, Não liguei de volta.

Hoje vou almoçar com a família, mas me pediram mais uma hora. O que fazer com o tempo extra recém adquirido? Nada melhor que ligar pra Sky, pois não? Ligo. A atendente, dessa vez do tipo que gosta de empurrar o problema com a barriga, me disse: “senhor, são três os meios de recarga. o senhor já tentou comprar os créditos na casa lotérica?”. Eu explico para a senhorita que gostaria de fazer a recarga pelo site ou pelo telefone, conforme oferecido pelo serviço, e que saber que posso ir à casa lotérica para comprar créditos pode vir a ser um bom programa, pode ser que as atendentes das lotéricas sejam inteligentes, bonitas e prestativas, pode ser que minha vida social melhore sensivelmente se eu passar a frequentar as lotéricas, pode ser até que ganhe milhões por causa de uma simples compra de créditos pré-pagos. Mas eu sou obstinado, e ponderei que gostaria mesmo de fazer as recargas pelo site ou pelo telefone, e que, ora bolas, embora eu possa comprar créditos de outro modo, está havendo um serviço defeituoso, e que, acredito, é do interesse da própria Sky resolver, afinal, ela é quem deseja que eu compre créditos! E, imagino, gostariam de investigar o que está acontecendo que um (e possivelmente outros) cliente não consegue usar o telefone nem a internet para comprar créditos.

A atendente, porém, com o interesse de um torcedor do Manchester United pelo jogo do Serrano x Conquista, disse-me: “Senhor, a única coisa que posso fazer é recomendar que o senhor vá a lotérica.”.

E a única coisa que eu deveria ter feito é recomendado que ela fosse a um estábulo.

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats