Backup é bom, mas a sorte ajuda

| 1 Comentário

Backup ajuda, mas sorte é bom também…
Comentei aqui recentemente sobre a boa prática do backup. Mas tem coisas que só com sorte mesmo.
Arquivo, desde muitos anos, minhas fotos todas no iPhoto (quer dizer, arquivava – uso o Aperture desde maio de 2010).
Em uma das confusões com o meu HD, a biblioteca de fotos do iPhoto foi pras cucuias. E o pior: como parece não ter concluído o backup no Time Machine, quando recomeçou a fazer o backup, parece que zoou tudo. Talvez eu poderia ter salvo as tais fotos antes de recomeçar o backup, achando que já estava tudo ok.
Portanto, dicas:
1 – Não comece um novo backup sem antes fazer um checklist dos arquivos. Sugiro separar por áreas:
– música
– documentos
– imagens e fotografias
– videos
Acho que é uma boa idéia, não?
2 – Faça múltiplos backups. Eu, pelo menos, depois dessa, vou fazer. Parece exagero, mas não quero nunca mais passar pelo susto que passei agora. Never again, baby.
3 – Apele para o inesperado.
Apelar para o inesperado significa que, muitas vezes, você tem cópia dos arquivos em outros lugares. É comum, por exemplo, ter feito cópias das fotos em DVD para algum amigo(a) que estava no evento, por exemplo.
Ou as músicas podem estar todas sincronizadas no iPod, basta usar um utilitário tipo o iRip para copiar tudo de volta.
Ou, como eu, ter a sorte, a sorte do tamanho de um caminhão, de ter um diretório (pasta, para os moderninhos) chamada lost+found. Dentro dela, em centenas de outras pastas, estavam espalhadas 99% das minhas fotografias. Fiz um apanhado geral, usei o Aperture para lincar as fotos novamente às minhas bibliotecas, e em menos de uma manhã estou colocando quase tudo no lugar.
Sim, a sorte ajuda. Mas tudo teria sido bem mais fácil se eu tivesse feito o backup da forma correta, se eu tivesse esperado tudo acabar, etc., etc., etc.

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats