Raiva da Apple e outras histórias

| 2 Comentários

Cheguei nessa semana das mini-férias. Foram sensacionais. Andei pela Praia do Forte, Lençóis, Itacaré e Salvador. Muito bom mesmo.

Porém, como profissional liberal, não posso me desligar totalmente do meu trabalho. Por isso, para checar o diário oficial da justiça, precisava checar meu e-mail com uma certa frequência. Tive que depender inteiramente do iPhone para fazê-lo.

Isso era conveniente, mas às vezes precisava passar instruções detalhadas ao escritório ou a clientes, e isso do iPhone, apesar de possível, não era tão confortável quanto seria fazê-lo a partir do meu Macbook.

Qual não foi a minha surpresa ao descobrir que a nova firmware do iPhone desabilitava o tethering (compartilhamento da conexão da internet do celular com o computador), o que impediu, em alguns lugares, o uso da internet.

Por que raios a Apple tem que ser assim? Ora, se meu iPhone é legalmente desbloqueado, se compro aplicativos legalmente, se paguei caro para ter um aparelho desbloqueado, PORQUE ESSA DROGA NÃO PERMITE QUE EU USE O PLANO DE DADOS A PARTIR DO MEU COMPUTADOR COMO QUALQUER CELULAR DE R$200,00 PERMITE??????

Que saco…

Isso para não falar do bluetooth capado, da falta de relatórios de envio de SMS/MMS, de editar os números antes de ligar para eles, etc. Como alguém de além-mar me disse uma vez, o iPhone não foi feito pensando na Europa (ou no resto do mundo), mas sim nos americanos. Que outra razão fez com que o iPhone 3G fosse um dos únicos celulares 3G sem video-conferência?

Batam-me um abacate…

Autor: oculos

the guy that owns this thing... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats