À Oi com carinho…

| 5 Comentários

Senhores da Oi,

Neste fim de ano, quando a humanidade reflete sobre suas ações durante o ano que finda, e se irmana em um propósito sincero de fraternidade, criando laços que permitam o surgimento de um mundo melhor, desejo aos senhores, diretores, funcionários, fornecedores, atendentes de call center (esses em especial), que VÃO TODOS TOMAR ONDE A PATA TOMA.

Senhores. A sodomização por eqüinos de grande porte parece-me punição pequena para Vossas Senhorias. Em 2009, desejo que os vossos testículos sejam retirados com colheres. Que experimentem um pouco do martírio que impõem aos seus clientes que, como eu, são otários que se acostumaram a uma bandinha larga mixuruca e, por ela, apenas por ela, se mantém seus clientes. Que graças a um monopólio de fato da telefonia fixa (já que os outros competidores oferecem telefonia fixa por meio de estrutura móvel – gambiarra legal para enganar mané) conseguem praticar toda sorte de disparates quanto à qualidade, preço e atendimento. Senhores, tomem todos onde a senhora pata toma.

Que em 2009, continuem a oferecer esse Oi Conta Total, cuja migração de um pacote de minutos para outro me gerou 2 contestações de conta. Que uma delas, retificada, teve seu vencimento adiado para 15/12. Que a conta chegou errada (a menor), muito embora sem nela ter sido demonstrado o que foi aceito na minha contestação. Que eu, sendo otário, paguei referida conta. Que, não obstante, o sistema de vocês, provavelmente escrito em BASIC, continua apontando débito, porque o mesmo sistema, inteligentíssimo, me mandou conta a menor, que foi paga, mas, como devo mais, mesmo não tendo sido cobrado (o problema é meu), continuo indadimplente. Inadimplência essa que perdura, não obstante eu, sempre otário, implorar para que me fosse enviada nova fatura. Mas o sistema não emite nova fatura. Mas o culpado não é o sistema. Sou eu, completamente otário, que continuo cliente, apesar de ontem ter pedido o cancelamento, tendo desistido porque, afinal, a portabilidade na minha região só chega no dia 24.

Mas a incompetência, a burrice, jeguice, tolice, completa falta de qualquer talento para desempenhar qualquer atividade humana desde que quando um símio qualquer resolver andar em pé fez com que os senhores fossem ainda mais longe: precisei, no dia 20/12, mudar para outro chip. O atendente, provavelmente filho de uma chocadeira, contratado em algum juri de escola de samba, informa ao vendedor da loja que havia pendência em minha conta (até aí eu nada sabia), pedindo que eu volte a ligar para o atendimento ao cliente. Ligo para o tal atendimento de outro telefone celular. Me é dito que não posso ligar daquele número, pois se trata de celular empresarial (este do qual eu estava ligando), que teria que ligar de um telefone fixo, outro celular “normal” ou de um orelhão. Ligo de um orelhão. Sabem o que é ligar de um orelhão no último fim de semana antes do Natal em um shopping center lotado. Após alguns gritos de lado a lado, esclareceu-se que não havia débito. Que poderia voltar à loja. Volto. O energúmeno do novo atendente volta a dizer que havia problemas. Peço ao vendedor que me deixe falar com o invertebrado. Explico o que aconteceu, muito embora, a cada pausa, ele me interrompia, pedindo para devolver o telefone ao vendedor, que eles não falavam com o cliente. Ligo novamente para o atendimento ao cliente. Não, senhor, não há nada de errado com sua conta. Senhora, estou na loja, o vendedor acabou de ligar… Não, senhor, nada há de errado, volte a tentar. Tentar o caralho, que meu nome é Zé Pequeno, PORRA! CANCELE ESTA MERDA, não quero ser cliente de vocês. Ok, senhor, estarei cancelando a sua linha. 2 minutos. Silêncio. Er, senhor… Não foi possível cancelar sua linha pois o setor responsável já fechou…

As antas do hotline responsável por falar com os vendedores nem sequer demonstravam interesse quando os vendedores informavam que o cliente já lá havia estado por 6 vezes, que o atendimento ao cliente já havia afiançado que não restava débito (tendo, por duas vezes, pedido para falar com os vendedores para dizer isso), e nem procuravam investigar o porque de um setor da empresa informar que havia débito e outro dizer que este não existia.

Resumo da ópera: volto à loja mais SEIS VEZES para tentar fazer o tal resgate para outro chip. O problema continua. Anteontem volto a ligar para o serviço do atendimento. Senhor, não há débito em sua conta. Por favor, moça, entre em contato com o setor de cobrança, parece que vocês erraram minha conta. Er, um momento senhor. Xi, é verdade: erramos sua conta, ela foi enviada a menor. Ah, senhor, vamos lhe enviar outra fatura por e-mail. Qual seu e-mail? otario@otario.com. Pois não, sr. otário, em 24 horas estaremos lhe enviando outra conta por e-mail. Passam-se 24 horas. Ligo. Senhores, não me foi enviada fatura alguma por e-mail. Er, senhor, nós não enviamos fatura retificada por e-mail. ??????. Após contar até 10 e respirar, peço a ela para ver o que foi feito do protocolo de 24 horas atrás. Senhor, esse protocolo foi finalizado, constatando-se que não havia débito. Peço a ela que entre em contato com o setor de cobrança, novamente. Er, realmente, senhor, há débito, vamos lhe enviar uma fatura e retirar o “flag” do não pagamento para que o senhor possa efetuar seu resgate… Nessas 24 horas, fiquei recebendo avisos de cobrança por sms, é bom que se registre.

2 horas depois, no dia 30 de janeiro de 2008, meu celular foi bloqueado por falta de pagamento. Sim, senhores da Oi. Vocês bloquearam meu celular por falta de pagamento. Isso após informarem POR SETE vezes aos vendedores da loja onde tentei fazer o resgate que havia débito em minha conta, mesmo que, por SETE vezes, os atendentes responsáveis por falar diretamente ao cliente dissessem o contrário. Tentei falar com os senhores ontem por mais umas 10 vezes, mas o sistema estava inoperante. O sistema, senhores, É inoperante, além de ser de uma imbecilidade completa, operados por completos imbecis, e supervisionados por Imbecis Seniors.

Disseram-me que até às 12h de hoje meu celular voltaria a fazer ligações pelo não pagamento de uma conta que não existe. Não importa. Até o dia 24 de janeiro encontrarei uma solução. Mudarei para um plano 3G de alguma operadora, farei propostas ao condomínio onde moro para contratarmos um link dedicado, viverei sem internet, não importa: tentarei deixar de ser otário.

Feliz 2009, senhores da Oi. Sem vaselina pra vocês. E que tomem onde a pata toma.

UPDATE: P.S. – hoje meu celular continuava bloqueado. Liguei para a operadora. Senhor, o seu celular não está bloqueado. Querida, falamos a mesma língua? Eu acabei de testar isso antes de ligar por você, quer apostar como está? Ela, irritada (raramente vi esses atendentes irritados, parecem ter uma fleuma…), disse: o sr. está me entendendo? Se o senhor deixar eu terminar de falar – ela tinha razão, eu não deixava – o senhor tenta, e, se estiver bloqueado, ligue de outro número. Eu, tal qual um pateta, ou um marionete, fiz o tal teste (duh!), ligando de volta, espumando de raiva por ter feito tal papel ridículo, achando que meus belos olhos iriam me dar um desbloqueio imediato, e disse algumas diatribes, quando me foi dito que havia uma falha no sistema, mas que nas próximas 24h… Minha senhora, vou passar o último dia do ano sem celular?? Senhor, eu sinto muito (sente, sim… eu sei que sente).

3 horas depois o celular voltou a funcionar. Felizmente as mensagens de texto enviadas a mim durante o período de bloqueio chegaram todas. Tentei fazer o resgate do chip, mas ainda está bloqueado para isso. E liga-me a minha mãe, cuja linha é vinculada à minha, reclamando que não consegue fazer ligações…

Feliz 2009 a todos da Oi. Nem a minha mãe pouparam.

 

UPDATE: Programaram uma segunda conta para 15 de janeiro. Chegou. Com o valor original. Sim, eu disse ORIGINAL, não retificado. Cancelaram novamente. Vou processar, que ninguém aguenta mais falar com atendente da Oi. O que dói é saber que são seres humanos treinados para agir como robôs, e fazem esse trabalho com maestria.

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats