A tecnologia e o stress de fim de ano

| 0 comentários

Ah, fim de ano. Crianças a pedirem pilhas para seus brinquedos, adultos perguntando como instalar coisas… e outros, como eu, comprando bobagens…

Resolvi comprar um Apple TV. Aparelho muito legal, mas minhas impressões sobre o aparelho são mistas. Escolhi o modelo de 160gb, porque imaginei que poderia livrar meu HD. GRANDE engano: o Apple TV sincroniza o que você tem no computador, não sendo permitido armazenar tudo somente lá.

Bom, esse seria um problema, caso eu não tivesse, nos primeiros 10 minutos de uso, destravado a bichinha para instalar o Boxee e outros plugins que me permitissem ver outros tipos de filme. E aí veio a minha decepção: ótimo poder mandar os filmes pra Apple TV sem ser pelo iTunes, o que me permite liberar espaço no computador. Ótimo ver filmes divx e similares, com legendas. Mas achei que a qualidade ficou ruim se comparada àquela que consigo quando ligo meu computador diretamente na TV. Vou fazer um outro teste, mas a impressão que tive foi que a reprodução através do computador é muito melhor, infelizmente.

Repitam comigo: “eu nunca mais compro um home-theater in-a-box”. Repetiram? Agora escrevam isso 100 vezes no quadro negro.

Comprei um da Samsung, por ser da mesma marca da TV, e por permitir caixas traseiras sem fios. BOA PORCARIA. O aparelho não tem SEQUER controle de graves, médios e agudos – têm apenas aqueles presets equalizados de fábrica (pop, rock, igreja, etc.), que não servem pra porcaria nenhuma. Horrivel, horrível. O som, se melhor do que eu que usava antes, está pior do que o básico que tenho no carro. Mas pelo menos vou rodar meus divx com melhor qualidade.

Enfim: quando for comprar coisas, leia mais, pesquise mais, e economize para gastar mais em uma compra melhor.

Autor: oculos

the guy that owns this thing... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats