Meu próximo Mac será um… PC????

| 2 Comentários

Desde que tio Steve Jobs anunciou o uso de processadores Intel nos Macs, ou melhor, desde que veio a público a primeira versão do Mac OS X a rodar em processadores Intel, várias pessoas conseguiram instalar o sistema em um PC genérico. Isso não é nem nunca foi novidade. Mas confesso que essa reportagem da Macworld americana me incomodou muito, e me fez pensar um bocado…

O problema é o seguinte: vamos esquecer um pouco o fato de que a Apple não tem uma opção hoje para usuários que querem uma máquina mais poderosa mas com custo não tão proibitivo. O que incomoda é que, por alguma razão fiscal, o Mac Pro custa, aqui, uma fortuna. E o iMac, uma máquina relativamente poderosa, acaba custando caro pelo fato de ter um monitor!

Ora, começa a fazer sentido montar um PC parrudão por uns 2, 2,5 mil reais, e meter o Mac OS X nele. E é possível que mais pessoas comecem a pensar nisso se observarmos que o Vista é um sistema que, se não naufragou, a lugar nenhum caminha… A alternativa microsofteana, o XP, já dá sinais de velhice. Logo, o Mac OS X parece ser ideal para… um PC!

Vamos aos pontos positivos:

– custo excelente;

– máquina altamente expansível;

– componentes fáceis de encontrar em qualquer esquina em caso de necessidade de substituição (lembrem-se: falo de acordo com a realidade brasileira, onde Macs não são assim tão populares);

Pontos negativos:

– máquinas horríveis – dificilmente um PC tem o mesmo acabamento de uma máquina da Apple;

– barulho – não conheço o Mac Pro, mas o iMac é razoavelmente silencioso, coisa que um PC NUNCA é;

– aporrinhações com updates que não irão funcionar tão facilmente.

Pra quem nunca usou um Mac antes, os pontos negativos (exceto o problema das atualizações) não são relevantes. Mas para quem vem de um G4 Cube e de um Mac Mini, reis no quesito silêncio e estética, essas são coisas a questionar.

Mas, confesso, muito embora não esteja a me fazer falta uma máquina desktop no momento (desde que uso o Macbook Pro em casa sem precisar levá-lo ao trabalho), a idéia é tentadora: uma máquina barata para entupir com as coisas baixadas da net, a possibilidade de colocar um monitor legal, etc.

Esse, aliás, vai ser um dos problemas que a Apple poderá vir a enfrentar: a necessidade de preencher nichos específicos. Dois deles: máquinas desktops a custo razoável e máquinas ultraportáteis. Em relação a estas últimas, estou quase convencido, assim que sobrar algum $$$, a comprar um dos novos Asus Eee e meter-lhe o leopardo. Já as desktop… vamos ver… 🙂

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats