O cara chato

| 6 Comentários

Leitores, estou ficando chato.

A pior coisa na vida da gente é o diet-chato. Aquela pessoa que quando sai fica escolhendo coisas magras pra comer, contando calorias, falando dos benefícios da alimentação saudável, etc.

Pois é: virei um diet-chato. Mas estou tentando me controlar, e os amigos entendem que é uma fase.

Só que tem um problema: parte do prazer da vida era degustar comida com os amigos, com sessões de pizzas, calzones, feijoadas, quiches, salgadinhos, sanduíches… Era sair e aproveitar as deliciosas gorduras que estávamos a adquirir. Agora me vejo como um neurótico que come alface com azeite e, pasme, começa a gostar disso!!!! Eu desconfio que estou com algum transtorno. Gostar de queijo branco??? De iogurte desnatado? Só pode ser doença… Sem falar no diabo do chá-verde… PQP, alguma bebida verde pode prestar? Bebida, só a preta, a coca-cola, o néctar do imperialismo ianque. Mas até dessa estou me privando. É um zelo doentio, que deveria ser criminalizado tanto quanto aqueles sites pró-anorexia. Gente, o que é que custa comer uma coxinha, um pastel, ou uma, D-us me defenda, barra de chocolate?
Será que só me falta fundar uma seita? Será que um dia vão me encontrar com 200 adeptos com barbas e/ou axilas por fazer presos em um porão de alguma zona rural????? HELP!!!!

A única coisa que me faz ter alguma segurança sobre minha sanidade é que o amor aos sushis continua, firme e forte. Ontem me empanturrei com eles no novo japa da cidade, com uma amiga. Preços honestos, comida deliciosa. A Moça não perde por esperar quando vir a Conquista. Tinha um Uramaki com umas cebolinhas. fantástico!

Enfim, acho que aprendi o que significa a porcaria da reeducação alimentar. E, acreditem, não é que sinta falta de comer coisas gostosas – não sinto. Sinto apenas falta do prazer que é esperar por uma comida maravilhosa, apreciá-la com os amigos, e ter a sensação de estar fazendo algo proibido, secreto e transgressor. E de não ser um chato diferente que fica escolhendo cuidadosamente o que comer.
Senhores, o absurdo foi tão grande que fui a uma cidade distante 280km daqui de Conquista a trabalho, e já fui preocupado – sabe como é, viagens acabam com dietas. No hotel, o cardápio tinha tantas opções de dar água na boca.

Pedi salada mista e sopa de legumes. Pode uma coisa dessas? Um ser humano assim é normal?
E o pior: ADOREI a porra da salada!!!! Palmitos e tomates com ervilhas, alfaces e cenouras…
Sim, estou doente mesmo… 🙁 8,5kg mais magro, ok… mas devo estar transtornado mentalmente…

Agora só falta começar a namorar novamente, começar a comer feito um louco e desaprender tudo… Ah, vida besta…

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats