São Miguel das Matas

| 0 comentários

5 da manhã. Atrasamos a saída. Eu e a família de B finalmente saímos para uma curta semana de férias. Quase 600km viajados e, que coisa, foi uma das raras vezes em que viajei pela Bahia e todos os trechos da estrada estavam bons.

Paramos em Jequié, que estava quente como o habitual, e seguimos até Feira de Santana. Poderíamos ter pegado o Vale do Jequiriçá, mas o plano era ver uma parente do pai de B. Senhora impressionante: com 87 anos, lembrava-se de absolutamente tudo. Sua pouca audição e visão não lhe impediam de ter contato com a atualidade.

Seguimos com destino à BR-101. Tentamos almoçar em uma dessas churrascarias de posto de gasolina, mas o aspecto da comida não nos agradou. Comemos alguma bobagem para enganar a fome, e continuamos até Varzedo, passando por Santo Antônio de Jesus. De Varzedo, estrada de chão até à roça. Senhores, estamos em São Miguel das Matas.

O lugar soava como uma lenda: muita gente de Conquista ouviu falar desde sempre nesse município em razão do grande fluxo migratório existente entre São Miguel das Matas em Vitória da Conquista. E grandes empresários de Conquista são deste lugar, assim como outros de Salvador. Outras coisas divertidas se fala do povo desse lugar: compram terrenos de esquina, habitam no andar de cima do seu comércio, adoram jaca e frutapão.

Enfim, o que sei é que trabalham muito, e cultivam a ligação com a terra natal. O lugar é muito aprazível, e as pessoas vivem da terra. Não se trata de uma descrição idílica do lugar, mas é que aqui realmente se vê as pessoas vivendo do comércio de sua produção, todos parentes entre si. Os que saíram daqui voltam sempre, e os daqui de vez em quando vão lá ver os exilados. É um laço de solidariedade e empreendedorismo que não conheço similar. Toda a família trabalhando junto, ainda que em eventos separados, um sempre ajudando o outro como pode.

Vi muitas estrelas ontem à noite, e fazia tempo que não parava para observar o céu. Sempre tive vontade de localizar o Cruzeiro do Sul, mas não foi ontem que consegui… Quem sabe hoje.

Come-se muito aqui, e bem – comida farta o tempo todo. Eles adoram jaca, já disse isso? 😀

Agora vou levantar-me e, novamente, me empanturrar de comida. 😀

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats