A Macworld e suas novidades

| 4 Comentários

Como sempre, a Macworld me deixa confuso. É sempre muito difícil dizer, de pronto, se gostei das novidades, se valem a pena, ou se deixam a desejar.O maior retrato dessa confusão, sem dúvida alguma, foi o Macbook Air.

Sim, eu clamava por um notebook mais portátil. Sim, eu estou cansado do peso do meu Macbook Pro. Sim, deixo de levar o MBP em viagens por causa do peso (e olha que os notebooks com a tela igual, de outras marcas, são bem mais pesados e desajeitados). Mas, puxa, a falta de expansão dele… Mas… será mesmo que isso é problema?Ora, quase nunca assisto um DVD no MBP. Quase nunca gravo um DVD. CD’s, gravo de vez em quando. Quase nunca ligo algo firewire nele, ou utilizo duas portas USB ao mesmo tempo. Quase nunca ligo o MBP à net via ethernet. Nunca um cartão expresscard adentrou nos slots do meu portátil (epa!). O infravermelho só foi usado para apresentações de slides via Keynote.

Portanto, fazendo uma análise fria, as duas únicas coisas que fazem falta de verdade no Macbook Air são o infravermelho (ora, bolas, como é que a Apple não inclui o Apple Remote, sabendo que grande maioria das pessoas pode vir a usar portáteis para apresentações?) e o tamanho do HD. Talvez poderia dizer que a ausência de firewire me incomoda, porque sempre quis ter uma filmadora digital e brincar com ela, ou mesmo que uma placa gráfica melhor me possibilitaria rodar algum programa misterioso que hoje não posso rodar. Mas, sendo justo, sei que dificilmente vou usar uma filmadora digital, ou usar o tipo de programa que precisa de uma placa gráfica tão boa assim. E a tal ausência de entrada de som? Bom, isso nunca me incomodou, porque as tentativas de usar headsets via bluetooth ou via audio-in do MBP foram sempre interrompidas com reclamações das pessoas que nunca me escutavam direito (sim, sempre acharam o som melhor quando uso o microfone interno do computador).Enfim, gostaria muito de um portátil que sempre me acompanhasse. Fiz minha última viagem com o iPhone, que resolveu 80% das minhas necessidades. O computador não fez falta, exceto pela maior capacidade de armazenamento ou pela falta de um teclado que possibilitasse digitar algo maior. Pensava num Asus Eee para resolver minha vida. De repente, o MBA resolve…

Ou será que resolve? A $1800, parece uma grande facada. Nunca me arrependi de pagar mais caro pelo estilo da Apple. Tenho um Cube (que ainda funciona para a minha tia), um Mac Mini PPC (de onde digito esse texto) – todas máquinas de vanguarda no seu tempo – e nenhuma me decepcionou. Porém, algo me incomoda hoje em dia: capacidade de armazenamento. Noto que, ao passo que passamos a usar computadores para assistir vídeos, todo espaço é pequeno – principalmente se o sujeito é – como eu – desleixado para fazer backups e limpar o HD. Um externo de 160gb encontra-se com apenas 7gb livres em razão da quantidade de vídeo armazenado. Como é que 80gb vão ser suficientes para tanto?Enfim, talvez nesse ano eu troque de portátil. Será que o MBA vai valer a pena?

O produto, no entanto, que mais chamou a minha atenção foi o Apple TV. A redução de preço tornou-o realmente atraente. A Bia já havia escrito sobre isso, acho eu, e acho que tinha razão: a net, hoje, substitui a TV com folga. Ou alguém tem paciência de ficar zapeando a TV paga, absurdamente cara (principalmente depois dessa fusão monopolista da Sky com a DirecTV), e só ver coisas já ultrapassadas? Ora, os seriados bacanas estão todos na net! Não, não sou a favor da pirataria. Sou, sim, a favor de que o consumidor tenha acesso ilimitado ao conteúdo. Ora, não acho justo, por exemplo, que tenhamos que pagar uma fortuna por uma TV paga ruim, com imagem sofrível (pelo menos quando conectada em TV’s de alta definição), quando lá fora se pode ter acesso, por melhores preços, a TV em HD, conteúdo recente, vídeo sob demanda, etc.

Aliás, acho que o ano do HD é esse – Steve se antecipou ano passado (ou retrasado – alguém lembra?). O preço das TV’s LCD e de Plasma caíram muito. Eu nem me importei de pegar um Full HD – peguei um desses 720p. Minha única decepção é conteúdo. Nem DVD fica decente numa TV dessas. E como é que no Brasil se vendem essas TV’s e não há sequer o que assistir nelas (exceto em SP, com a TV digital aberta – que ironia)? A solução é a net! Daí, sustento eu, que a Apple TV é um grande achado – bom media center, qualidade HD (720p), permite alugar video (nos EUA, infelizmente), mas, pra mim, parece ser a única maneira de livrar o meu notebook de viver conectado à TV para assistir a conteúdo HD. A Apple deveria ter inovado e acrescentado um leitor Blu-ray no bicho, mas, reconheço, seria um tiro no pé, já que o aparelho vai ser usado para alugar videos na net (imagino qual deva ser a velocidade da conexão para que a coisa flua direito).

Outro produto que me interessou, e muito, foi o tal Time Capsule. Sempre quis algo que automatizasse backups, ao tempo em que fosse uma central de armazenamento. Penso que o Time Capsule será um ótimo produto, tanto para fazer backups quanto para usá-lo para compartilhar mídia. Imagino ele conectado ao Drobo… Minha única dúvida é se o Time Capsule funciona com a Apple TV. Se funcionar… hmmmAliás, tem algo sobre o Time Capsule que tem que ser dito: a Apple, agora, em toda a sua linha usa o padrão “n” do Wi-Fi. Ora, bolas, TODA a linha, EXCETO o iPhone!!! Quer dizer, quem comprar um roteador novo e quiser usar o iPhone/iPod Touch vai ter que manter o modo de compatibilidade com os padrões b/g, e, assim, reduzir a velocidade da rede. Puxa, e estamos falando de uma rede que funciona melhor com alta velocidade (afinal, é armazenamento e streaming de video!).

Enfim, os lançamentos mais importantes, na minha opinião o MBA, o Apple TV e o Time Capsule, são extremamente desejáveis, mas, ao mesmo tempo, contraditórios e merecedores de uma versão melhorada. Os preços são bons (exceto o MBA), e acho que fazem sentido quando se quer uma rede doméstica descomplicada e apta a compartilhar dados e vídeo e aproveitar melhor a tecnologia.

Autor: oculos

the guy that owns this thing... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats