Falando sério…

| 2 Comentários

Usando mais uma vez uma expressão carimbada da Dani, se dois nissin’s com coca-cola e um pedaço de Talento não puderem me ajudar numa noite de tédio e muita, muita fome, nada mais poderá…

Minha história com os Nissin’s é de amor e ódio. Em São Paulo eu vivia deles, e passei a odiá-los. Eles, que outrora eram minha refeição favorita nos tempos de escola, talvez porque naquela época eram a única refeição que eu sabia preparar (além de uma pizza de liquidificador que não vem ao caso).

Lembro-me de uma vez, em Ciudad del Este, quando vi alguns orientais comendo nissin (ou outro macarrão tipo lamen) com palitinho, quantidades grotescas entre os dentes e o prato, e percebi que é só assim, com grandes quantidades na boca, é que se aprecia um nissin. Aliás, comer nissin não é bem algo pra ser assistido. E quando como de óculos, este fica todo embaçado. A coca-cola é o que há pra quebrar um pouco o gosto forte dos temperos. O meu preerido era o de camarão, mas esses novos de yakissoba são fantásticos.

A única coisa instantânea melhor ou mais lúdica do que o nissin é o Cup Noodles. 😀

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats