Breves momentos de otimismo

| 3 Comentários

Taí, talvez 2004 tenha sido um ano maravilhoso.
Sim, bati a p$^@$%^do carro, e o perdi. Mas, graças ao Bom D–s, estou com outro. Tive trabalhos maravilhosos nesse ano. Estou chegando ao final com a sensação de que esse ano foi o início de muita coisa boa. Vamos ver, em 10 anos digo se eu estava certo.

E o consumismo está em alta: comprei um hd novo pro computador, tadim. Está desde sua compra, em 2001, com os mesmos 20gb, Agora temos 80 gigas (na verdade são 74gb, eles enganam a gente) para guardar tranqueiras.

Comprei um telefone sem-fio.

Recebi telefonemas de engenheiros da Oi, já que toda semana reclamo do sinal. Admitiram a falha, e disseram não ter prazo para consertar a bagaça. Em suma: se quisar continuar com a oi, vou ter que ficar com esse sinal meia-boca.

Nessa semana fui algumas vezes no Esfiha Chique, na Frei Benjamim. Legal! 🙂

Hoje fui ao Pantanal e depois tomar sorvete. Tá fazendo um calor danado. E botei na cabeça que em janeiro devo ir pra alguma praia para recuperar a sanidade. Devo ir a BH agora em dezembro, por uns 3 dias.

Bom, não devo ter mais nada pra dizer. As coisas não têm acontecido. Mas, ao mesmo tempo, isso parece alguma revolução silenciosa, quando, de repente, ocorre um estouro e você se surpreende com as mudanças. Ou então um passarinho caga lá de cima em minha cabeça, não sei… 🙂

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

FireStats icon Produzido pelo FireStats